Aniversário PDF Imprimir E-mail

Com vocação regional, Shopping Água Verde completa 30 anos e comemora a fidelidade dos clientes

Pesquisa apontam que a grande maioria do público mora perto e frequenta o shopping com intenção de compra

 

 

Por Denise Mello - junho/2014

 

 

O nome do shopping se confunde com o do bairro e não é só uma questão de nomenclatura. Até porque há três décadas o bairro Água Verde tem a cara do Shopping Água Verde e vice-versa. Pelos corredores você encontra os filhos e netos dos primeiros frequentadores, que ainda estão ali e costumam conhecer os lojistas mais antigos pelo nome. Desde o dia 28 de novembro de 1984 é assim. O Água Verde é um shopping que cresceu junto com seus arredores e até hoje preserva sua vocação regional, de um shopping voltado para a comunidade.

 

Emília Grosmann, da família que fundou o shopping e administradora do mall desde o início, diz que o cliente do Água Verde é extremamente fiel, o que reforça o foco do empreendimento na comunidade. “Temos uma característica de shopping regional, comunitário, desde a inauguração há 30 anos. Sabemos, por exemplo, que cerca de 60% do nosso público vem até aqui de bicicleta ou a pé. São pessoas que moram ou trabalham nos arredores e resolvem a maioria de suas coisas no shopping”, conta Emília.

 

O perfil diferenciado dos clientes também chamou a atenção nas pesquisas encomendadas pelo shopping. A grande maioria dos clientes é de classe média e pelo menos 60% dos frequentadores têm formação superior, pós-graduação ou doutorado. “É um público com um bom padrão sócio-econômico que ainda traz como característica um outro detalhe que nos chamou a atenção. Pelo menos 70% dos clientes vêm ao Água Verde com intenção de compra, o que é excelente para o lojista. Em grandes shoppings essa média gira em torno dos 45%”, explica a administradora.

 

O lojista Luiz Carcerere, da Joalheria Dicte, está no Água Verde há 25 anos e confirma o perfil dos clientes do shopping, apontado pelas pesquisas. “Como estamos em um shopping menor, os frequentadores têm o objetivo de compras e são bastante exigentes. Sempre buscam novidades e, por isso, temos que atender as expectativas oferecendo sempre as últimas tendências”, diz Carcerere. “Temos clientes fiéis, de muitos anos, mas de uns cinco anos pra cá temos notado a presença de clientes novos, que passaram a frequentar a loja”, completa.

 

Ao todo são 70 lojas espalhadas em dois pisos do Shopping Água Verde, além do estacionamento. Tem uma loja âncora: a Casa China. E conta com duas salas de cinema, construídas em 1996 na ampliação do mal.

 

Concorrência

 

Emília Grosmann afirma que a chegada de novos shoppings nestes 30 anos não chegou a abalar as vendas. Por ser um shopping menor, tem características diferentes como a frequência maior nos dias de semana e menor aos sábados e domingos. O horário também é alternativo: abre mais cedo, às 8h30, e fecha às 21 horas. “Nosso público não é formado por adolescentes, por exemplo, mas, em compensação, temos muito forte a presença de casais jovens com filhos e pessoas com mais de 40 anos”, diz.

 

Com os lojistas a relação também é mais próxima. A administradora garante conhecer a grande maioria pelo nome, o que facilita o relacionamento. “Estamos sempre muito próximos não só dos clientes como dos lojistas. É uma das vantagens de ser menor”.

 

Segundo Emilia, de 2011 para 2012, as vendas do shopping superaram os 30%, o que surpreendeu a todos. E os índices  permanecem positivos, relata “Fizemos na época um projeção de aumento nas vendas em torno dos 30% e muitos duvidaram. Refizemos os cálculos e vimos que era isso mesmo. No final, tudo se confirmou. Na média, pelas vendas declaradas dos lojistas, o aumento superou este índice. De lá pra cá o crescimento se mantém expressivo”, comemora a administradora.

 

Prêmios

 

O aniversário de 30 anos do Água Verde é só em novembro, mas as comemorações já começaram. Desde abril o shopping vem sorteado vários prêmios mensalmente. “A cada três meses estamos sorteando um caro. Serão três veículos até o fim do ano, além de outros prêmios como I-pads, viagens, bolsas de grife e muito mais”, afirma Emilia.

 

Ainda dentro das comemorações, até o final do ano toda a praça de alimentação será reformada, assim como os banheiros. A fachada do mall também irá ganhar uma revitalização.

 

O início de tudo

 

Emília conta que o Shopping Água Verde nasceu para atender uma exigência urbanística da Prefeitura de Curitiba. “Nossa família sempre atuou no ramo imobiliário, tanto que construiu as quatro torres acima do shopping com 198 apartamentos residenciais. Mas na época, para liberar o alvará, a prefeitura exigiu que no térreo existisse um empreendimento comercial. Não sabíamos exatamente o que fazer até que veio a ideia de implantar um shopping. E isso em uma época em que só existiam o Shopping Mueller e o Batel. Foi um desafio porque o próprio curitibano não havia assimilado ainda o que seria exatamente um shopping”, relembra.

 

Mas o desafio foi maior do que a própria família Grosmann imaginava. Hoje é difícil imaginar, mas em 1984 o bairro Água Verde era considerado por muitos como um local muito longe do Centro de Curitiba. “Quem iria andar tanto só para ir até um shopping?”, perguntavam os mais incrédulos. “Muitos diziam que éramos loucos por construir tão longe, algo difícil de imaginarmos hoje, não é verdade? Lembro até que colocamos três corretores do Rio de Janeiro para locar as lojas e eles, sem conhecer nada aqui, ficaram três meses num estande dentro do shopping esperando algum lojista aparecer. Neste tempo, locaram só quatro lojas. Foi então que o arquiteto Leo Grosmann colocou uma pastinha debaixo do braço, foi atrás dos lojistas e, em um mês locou todas as lojas”, recorda Emilia.

 

De lá para cá o que se viu no bairro Água Verde foi uma explosão imobiliária. Cortado pela canaleta dos ônibus Expresso, o bairro foi praticamente todo ocupado por prédios comerciais e residenciais, o que se vê até hoje. “Estamos agora na expectativa de que o metrô de fato seja implantado aqui em frente. Pelo projeto, o nosso shopping vai ficar entre duas estações do novo modal, o que deve nos favorecer bastante”, diz Emília.

 
 

Pesquisa no site

Últimas Notícias

Anterior Próximo
Negócios

Negócios

Vale Cultura movimenta R$ 13,7 milhões em vendas e consumo maior é em livrarias Balanço foi divulgado pelo Ministério da Cultura;...

Redação Comentários 11 Jul 2014

Leia mais
Tecnologia

Tecnologia

Loja física testa pagamento móvel para evitar filas‏ Por meio de um aplicativo, o cliente faz o pagamento pelo celular; tendência...

Redação Comentários 11 Jul 2014

Leia mais
Lojista

Lojista

Marca americana escolhe Curitiba como cidade teste para a entrada no Brasil Inch of Gold tem dois quiosques no Palladium...

Denise Mello Comentários 11 Jul 2014

Leia mais
Marketing

Marketing

Marketing “certeiro” do varejo usa até TV quebrada na Copa para faturar Até prejuízo com goleada da Alemanha vira “lucro”; especialista...

Denise Mello Comentários 11 Jul 2014

Leia mais
Vendas

Vendas

Copa "afunda" comércio de Curitiba e junho registra queda de 14% nas vendas Lojistas e economistas explicam o que aconteceu...

Denise Mello Comentários 11 Jul 2014

Leia mais

Evento

Exposição Brasil - Espanha: Unidos pela mesma paixão Depoimentos de craques do Brasil que brilham na Espanha fazem parte do evento ...

Redação Comentários 02 Jul 2014

Leia mais

Opinião

“Refis da Copa” Dilma alterou novamente os prazos para parcelamento dos débitos federais  

Redação Comentários 02 Jul 2014

Leia mais
Projeto de lei

Projeto de lei

Projeto na Câmara Federal quer acabar com feriado da proclamação da República Para deputado autor da proposta, o 15 de novembro...

Redação Comentários 02 Jul 2014

Leia mais
Negócios

Negócios

Salas de cinema avançam para o interior para ampliar público Redes pegam carona na expansão dos shoppings em cidades de pequeno...

Redação Comentários 02 Jul 2014

Leia mais
Trabalhadores

Trabalhadores

Vereador pede ampliação de estação-tubo em frente ao ParkShoppingBarigui Sindicato dos Trabalhadores coloca que embarque não dá conta dos 2...

Denise Mello Comentários 02 Jul 2014

Leia mais
Paraná

Paraná

Obras do Shopping Catuaí de Foz devem começar em julho Saiba como está a negociação para os Shoppings Atuba e Jockey...

Denise Mello Comentários 01 Jul 2014

Leia mais
Marketing

Marketing

Pista de gelo do ParkShoppingBarigui chega ao 10º ano com mérito de ter ensinado curitibano a patinar Gerente de marketing fala...

Denise Mello Comentários 01 Jul 2014

Leia mais

Opinião

Em matéria de juros, Brasil está na contramão do mundo Análise é do colunista da Folha, Benjamin Steinbrunch  

Denise Mello Comentários 20 Jun 2014

Leia mais
Tendência

Tendência

"Boom" de shoppings deve reduzir pressão sobre aluguel Grande oferta de shoppings reflete um momento do passado recente, quando o comércio...

Redação Comentários 20 Jun 2014

Leia mais

Economia

Vendas do comércio crescem 2% em maio em Curitiba Índice subiu em relação ao mês de abril, mas teve crescimento negativo...

Redação Comentários 20 Jun 2014

Leia mais
Tendência

Tendência

"Boom" de shoppings deve reduzir pressão sobre aluguel Grande oferta de shoppings reflete um momento do passado recente, quando o comércio...

Redação Comentários 20 Jun 2014

Leia mais