HOME SHOPPINGS ACT CCT TABELAS SINDICAIS CONTATO
CONTRIBUIÇÕES Contribuição
Sindical
Contribuição
Confederativa
Contribuição
Assistencial
Solicitação
de Boleto

shopping

COMO EXPLICAR A BOA PRESENÇA DO SHOPPING MUELLER

uma das perguntas que me faço



Uma das perguntas que me faço, e que me fazem certos leitores antenados na acidade e no comportamento do consumidor curitibano, é sobre “como explicar o sucesso do Shopping Mueller”?
SUCESSO…
No caso, por “sucesso” entenda-se a evidente diferença do shopping da Cândido de Abreu, com suas lojas sempre abertas e muito procuradas, além do enorme movimento diário do espaço, se comparado a outros de centros de compra locais.
No Mueller não há lojas vazias.
OS SOIFER
Não se pode atribuir essa evidente boa performance apenas à eficiência de seus comandantes, membros da família Soifer. Pois os mesmos Soifer comandam, por exemplo, o Pateo Batel que, pelo jeito, não vive grande momentos. É só visitar o Pateo e confirmar que o mais sofisticado “mall” de Curitiba não vive seus grandes momentos.
DISTRIBUIÇÃO
Alguns analistas da área atribuem a diversos fatores esse bom desempenho do Mueller – “ninguém quer deixar aquele espaço”. Um dos fatores seria a localização privilegiada, numa área “distribuidora de tráfego e bem atendida por transporte de massa”. Outro fator residiria na tradição: é o mais antigo shopping de Curitiba, tendo há 22 anos ocupado o espaço da antiga siderúrgica Irmãos Mueller.
Não foi uma construção sem contestações. Contestadores houve, alegando que a preservação do patrimônio arquitetônico estava mesmo “fora da lei”.
FOI CRESCENDO
Além de ter um “mix” muito bem dosado, o shopping também conseguiu ir crescendo, com o passar dos anos, quando, por exemplo, estendeu-se para a outra margem da Rua Mateus Leme, com serviços, alimentação e cinemas. Conseguiu um feito raro, naquela ocasião: construiu passarela sobre a via, tudo com as devidas licenças legais.
PASSARELAS
Ao que me consta, depois do Mueller apenas outro empreendimento comercial conseguiu aprovação de passarela: a FAE/Bom Jesus, a quem a Câmara de Curitiba deu autorização para construir passarela ligando o edifício antigo ao novo, na Rua Visconde de Guarapuava. Até agora, a passarela ficou só na autorização
CARA DA CIDADE
Para mim, que sou apenas eventual consumidor de restritas áreas – cinema e livrarias -, o Mueller tem a cara de Curitiba. Nada a tirar e pouco a acrescentar. Assim, sua mais forte característica é a de juntar gente da terra, de todas as cores, visitantes, diversas etnias, classes sociais, e faixas etárias. Isso sem falar que por lá dividem o mesmo espaço sábios doutores e operários que podem ser vistos, lado a lado, por exemplo, nas filas de cinemas e na área de alimentação.
O serviço de vigilância e de atendimento do público ainda é fator positivo. Ainda.

fonte:Blog Prof. Aroldo Murá / 4.5.18

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

SHOPPING MUELLER CONQUISTA DOIS TROFÉUS NO PRÊMIO ABRASCE 2018

Leia +

Alvaro Dias pede a empresários lucidez.

Leia +

Esse evento é para todos os piás e gurias que adoram futebol.

Leia +

Varejo paranaense vende 5,13% a mais no primeiro semestre

Leia +

Ações do Magazine Luiza disparam após melhor resultado dos últimos 5 anos

Leia +

Brasileiros esperam pelo avanço do trabalho remoto

Leia +

Empresários cobram de Temer medidas para setor Empresarial

Leia +

Cota de vagas para presidiários é impraticável, dizem associações

Leia +
ARQUIVO    Clique para ver todas as notícias

CADASTRO

Cadastre-se e receba notícias
do Sindishopping


NOME
EMAIL
TELEFONE