HOME SHOPPINGS ACT CCT TABELAS SINDICAIS CONTATO
CONTRIBUIÇÕES Contribuição
Sindical
Contribuição
Confederativa
Contribuição
Assistencial
Solicitação
de Boleto

economia

Fusões e aquisições vão crescer 15% no Brasil em 2019, diz consultoria

Neste ano, até outubro, foram 538 operações, 4% a mais do que no mesmo intervalo de 2017



As fusões e aquisições, que têm se acelerado neste último trimestre, deverão encerrar 2018 com uma alta próxima dos 10% e crescer 15% em 2019, segundo projeção da consultoria PwC Brasil.

No acumulado deste ano até outubro, foram 538 operações, 4% a mais do que no mesmo intervalo de 2017. Só no mês passado, porém, foram 68 transações, recorde para o período desde 2014.

“A incerteza das eleições deixou investidores de outros países e fundos de investimento em compasso de espera, mas desde o segundo turno há uma retomada, que vai se intensificar no próximo ano”, diz Rogério Gollo, sócio da PwC.

Os estrangeiros —que neste ano fizeram 37% das aquisições— deverão aumentar sua participação já nos próximos meses, segundo ele.

“Eles responderão por metade dos aportes. Veremos mais transações em ramos como saúde, educação básica, varejo e infraestrutura”, diz Piero Minardi, da ABVCap (associação de fundos de private equity e venture capital).

Se a política econômica do novo governo mexicano, liderado por López Obrador, for antimercado, poderá haver fuga de capitais do país em direção ao Brasil, de acordo com analistas ouvidos pela coluna.

O apetite chinês pelos ativos brasileiros, tradicional em áreas como infraestrutura e agronegócio, deve permanecer relevante, apesar da recente tensão com Bolsonaro, afirma Arthur Penteado, sócio do escritório Machado Meyer.

“O presidente eleito manifestou preocupação com o tema, mas a relação com o Brasil sempre foi boa. A China pensa a longo prazo e buscará compreender a nova política.”
FONTE: Folha de S.Paulo

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Lojas Colombo faz 60 anos e busca expansão da rede

Leia +

Depois de 8 anos, expectativa do consumidor de aumentar gastos volta a crescer, diz BCG

Leia +

Novo shopping vai abrir 6 mil empregos na Grande Curitiba

Leia +

PIB FECHA 2018 COM CRESCIMENTO DE 1,1%, MOSTRA IBGE

Leia +

Atividade do comércio cresceu 0,9% em janeiro

Leia +

Brasileiros mudam hábitos de consumo e pesquisam mais os preços

Leia +

Varejo deve retomar nível de crescimento pré-crise em 2020, diz CNC

Leia +

Curitiba vai ganhar complexo médico de R$ 80 milhões com cara de shopping

Leia +
ARQUIVO    Clique para ver todas as notícias

CADASTRO

Cadastre-se e receba notícias
do Sindishopping


NOME
EMAIL
TELEFONE