HOME SHOPPINGS ACT CCT TABELAS SINDICAIS CONTATO
CONTRIBUIÇÕES Contribuição
Sindical
Contribuição
Confederativa
Contribuição
Assistencial
Solicitação
de Boleto

economia

"C&A abre a 10ª unidade da rede no Paraná"

"A C&A, responsável por uma das maiores cadeias de varejo do mundo.




"A C&A, responsável por uma das maiores cadeias de varejo do mundo, abriu na última quarta-feira (5) a 10ª unidade da rede no Paraná, no Jockey Plaza Shopping, em Curitiba. São mais de 280 lojas pelo país - 23 na região sul e seis na capital paranaense. A rede emprega 15 mil pessoas.

O Paraná S/A conversou com o CEO da empresa no Brasil, o empresário Paulo Correa, sobre as novas estratégias da rede e os desafios do mercado.

A C&A existe há mais de 40 anos no país. O que mudou na filosofia da rede?

O nosso propósito continua o mesmo: trazer para os consumidores de todas as gerações a oportunidade de se expressar por meio da moda. Na C&A vemos a moda como uma plataforma de expressão diversa, ousada e inclusiva.

As lojas da rede estão com uma nova cara. Qual o objetivo?

O novo conceito de loja busca deixar a compra mais simples, fácil e rápida. Os ambientes estão mais cleans e intuitivos. Os caixas estão mais ágeis e a área de jeans com amplo sortimento. Desde 2016, já são 119 lojas reformadas. Um diferencial é a presença de consultoras de moda nas unidades, que ajudam as clientes.

Como a C&A integra o universo online e offline?

A estratégia omnichannel foi pensada para que os clientes tenham a opção de escolher como comprar. Também é possível comprar de forma integrada por meio do Clique & Retire. Com isso, temos que 25% dos pedidos feitos online são retirados no mesmo dia e em qualquer loja e 30% das vendas do e-commerce da C&A já são feitas pela plataforma. Além disso, 25% dos consumidores do e-commerce ainda afirmam que não comprariam se não fosse por meio do Clique & Retire e 80% deles já fizeram alguma pesquisa online antes de realizar a compra.

A C&A anunciou o Projeto Mindese7, com coleções cápsulas? Qual o propósito?

O Projeto Mindse7 foi criado com a proposta de mudar o modelo de desenvolvimento de coleção, agilizando o processo de produção. Este modelo de confecção é cinco vezes mais rápido do que o convencional: entre a concepção das coleções-cápsulas até a disponibilização do produto para a venda, há uma redução de 120 para 35 dias. A proposta é desenvolver coleções-cápsulas, lançadas semanalmente.

O que a C&A tem feito para a uma moda mais sustentável?

Nossas iniciativas de sustentabilidade estão estruturadas em três pilares de atuação: produtos sustentáveis, rede de fornecimento sustentável e vidas sustentáveis, com metas alinhadas ao nosso negócio que vão até 2020. Divulgamos a nossa lista de fornecedores e publicamos anualmente um Relatório Global de Sustentabilidade. Nossa principal ação foi o lançamento, em 2018, do conceito global de comunicação para a sustentabilidade #VistaAMudança (#WearTheChange). Por meio desse movimento, convidamos nossos clientes a se juntarem a nós na busca por uma moda com impacto positivo. Desde 2017 contamos ainda com o Movimento Reciclo da C&A, que oferece uma alternativa ao descarte de roupas usadas. Somos também a primeira varejista de moda a comercializar camisetas de algodão mais sustentável com a certificação Cradle to Cradle™ nível Gold (C2C). De acordo com testes feitos em laboratório, seguindo uma norma europeia, o tempo de decomposição da camiseta com a certificação C2C, ao final de sua vida útil, é de em média 12 semanas.

O que a C&A tem feito para a uma moda mais inclusiva?

Fomos a primeira marca de varejo de moda a usar um garoto-propaganda negro e já mostramos apoio à moda sem gênero e ao Dia dos Pais/Dia das Mães sem preconceito em campanhas de publicidade. Fizemos, ainda, parceria com as cantoras Anitta e Pabllo Vittar para celebrar o empoderamento feminino e a diversidade. Para os nossos pontos de venda, sempre buscamos traçar parcerias que tragam a pluralidade e a igualdade, inclusive com nossas Collections (como a Pride e a LAB, que traz a força das ruas e dos movimentos negros). Além disso, buscamos colocar em nossas mídias próprias pessoas de formas, jeitos, cores e tamanhos diferentes, para que nossos clientes se sintam representados e saibam que, de fato, na C&A eles encontrarão o que desejam.

Como são escolhidos os fornecedores?

Antes de assinar um contrato com a C&A, os fornecedores passam por uma auditoria presencial, por meio da qual auditores da empresa avaliam mais de 100 itens, que cumprem critérios da OIT e outros bastante rigorosos desenvolvidos pela própria C&A. Entre estes critérios estão pontos para garantir a segurança dos empregados, sua saúde, atendimento às leis trabalhistas e ambientais e à legislação em geral.
fonte: Gazeta do Povo 09/06/2019 17:00.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Varejo apresenta crescimento de 2,2% no primeiro semestre

Leia +

Os pais mudaram. E o Dia dos Pais, também?

Leia +

Vendas do varejo recuam pelo 2º mês seguido

Leia +

O tempo do IVA já passou

Leia +

Empresários que apoiam Bolsonaro lançam projeto paralelo de reforma tributária

Leia +

NO SUL, CONSUMIDOR CONSCIENTE E PRAGMÁTICO

Leia +

9 Atrações que a Centauro implementou no seu novo modelo de lojas

Leia +

Corte de juros não chega a consumidor e comércio deixa de ganhar R$ 40 bi

Leia +
ARQUIVO    Clique para ver todas as notícias

CADASTRO

Cadastre-se e receba notícias
do Sindishopping


NOME
EMAIL
TELEFONE